Hugol alerta sobre queimaduras

No mês em que se comemora o Dia Nacional de Luta Contra as Queimaduras, especialistas e pacientes do Hospital Estadual de Urgências da Região Noroeste de Goiânia Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol), unidade da Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES), alertam sobre os perigos e as consequências de acidentes que resultam em queimaduras, especialmente nas festas que ocorrem no mês de junho.

“Essa é uma época em que os casos de queimadura aumentam devido a acidentes com brincadeiras típicas de festas juninas, como pular fogueira ou soltar balão e fogos de artifício. As férias escolares também multiplicam os casos de queimadura infantil, principalmente com as eventualidades ocorridas na cozinha. No geral, as pessoas precisam estar mais atentas às situações de risco a que estão expostas e ser mais prudentes em relação a elas, pois observamos que a maioria dos acidentes com queimaduras podem ser evitados”, relatou Fabiano Arruda, supervisor médico da Unidade de Queimados do Hugol.

O paciente da Unidade de Queimados do Hugol, Rafael Mendonça, estava assando um churrasco com amigos e familiares, como já estava acostumado a fazer durante os fins de semana, mas um de seus colegas, pensando que a chama estava apagada, causou um acidente com álcool. “Sempre tomamos precauções com o fogo durante o churrasco, mas bastou um instante de distração para que a fatalidade ocorresse. A prevenção é o melhor remédio contra a queimadura e é preciso sempre ter cuidado redobrado quando se está manuseando materiais inflamáveis, mesmo em situações com as quais você já tem prática”, explicou Rafael.

Caso o acidente aconteça, a recomendação é acionar a emergência ou dirigir-se a uma instituição básica de saúde visando um primeiro atendimento para, caso seja necessário, ser encaminhado a uma unidade especializada, adequada ao perfil do paciente queimado. De julho de 2015 a dezembro de 2018, o hospital atendeu 1.539 vítimas de queimaduras graves, de média e alta complexidade.

Roberto Zonta, médico clínico geral do hospital, alerta também sobre os perigos das queimaduras causadas durante a prática de determinadas ações sem equipamentos ou habilidades necessárias: “Recebemos diversos pacientes graves com lesões causadas por acidentes na fabricação de sabão caseiro, que aprendem o processo em tutoriais na internet, mas não têm qualificação para realizar esse tipo de processo químico. Queimaduras elétricas por falta de equipamentos de proteção apropriados também são casos vistos, assim como ferimentos causados pela falta de prática em cozinhas comerciais”.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Contato
AGIR AGIR
Fone: (62) 3995-5407
Av. Olinda com Av. PL3, Qd. H4 Lt 1,2,3 Ed. Lozandes Corporate Design, Torre Business, 20° Andar, Parque Lozandes.
Goiânia - Goiás
CEP: 74884-120
agir@agirgo.org.br
CRER CRER
Fone: (62) 3232-3232 / 3232-3000
Av. Vereador José Monteiro, 1655, St Negrão de Lima.
Goiânia - Goiás
CEP: 74653-230
crer@crer.org.br
HDS HDS
Fone: (62) 3201-6400 / 3201-6437
GO 403, Km 08, Colônia Santa Marta.
Goiânia - Goiás
CEP: 74735-600
hds@hds.org.br
HUGOL HUGOL
Fone: (62) 3270-6300
Av. Anhanguera, 14527 - St. Santos Dumont.
Goiânia - Goiás
CEP: 74463-350
hugol@hugol.org.br

Convênios

Sigam nossas redes sociais

Fechar Menu